50 profissões que ganham bem e não precisam de faculdade

50 profissões que ganham bem e não precisam de faculdade

Descubra quais são as profissões que pagam bons salários aos trabalhadores e não exigem Ensino Superior.

🔗 Compartilhe

Anúncios

Segundo os dados do Censo da Educação Superior de 2022, 3 em cada 4 jovens não têm acesso à faculdade. No entanto, existem 50 profissões que ganham bem e não precisam de faculdade, principalmente por as atividades da carreira não demandam um conhecimento específico.

A pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) investigou a relação dos brasileiros com a Educação Superior em todo o país. Felizmente, existem alternativas para os cidadãos que desejam atuar no mercado de trabalho, mesmo sem ter diploma. Saiba mais a seguir e descubra quais são as profissões e seus salários.

Leia também: 6 sites para você ganhar dinheiro trabalhando com internet

Anúncios

Quais são as profissões que ganham bem e não precisam de faculdade

Em primeiro lugar, todas essas profissões são de nível médio e estão registradas no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED/eSocial) do Governo Federal. No mais, os salários abaixo foram retirados do portal Salário.com.br, confira:

Profissões que pagam acima de R$ 4 mil

  1. Atleta de Ginástica – salário de R$ 11,2 mil;
  2. Atacante de futebol – salário de R$ 7,7 mil;
  3. Chefe de chaparia – salário de R$ 5,9 mil;
  4. Animador de festa – salário de R$ 5,9 mil;
  5. Caldeiraria – salário de R$ 4,3 mil;
  6. Operador de chaparia – salário de R$ 4,5 mil;
  7. Operador de Locomotiva (Transporte Metropolitano) – salário de R$ 4,1 mil;
  8. Gerente de Produção e Operações Aquícolas – salário de R$ 4 mil;
  9. Encarregado de montagem de tubos – salário de R$ 4 mil;
  10. Encarregado de Oxicorte – salário de R$ 4 mil.

50 profissões que ganham bem e não precisam de faculdadeImagem: Reprodução/Pexels

Carreiras que pagam a partir de R$ 3 mil

  1. Gerente de agropecuária – salário de R$ 3,9 mil;
  2. Inspetor de equipamentos – salário de R$ 3,8 mil;
  3. Mandrilador – salário de R$ 3,7 mil;
  4. Modelista de calçados – salário de R$ 3,6 mil;
  5. Supervisor de carregamento de minérios – salário de R$ 3,7 mil;
  6. Encarregado de setor de concreto – salário de R$ 3,6 mil;
  7. Bailarino de danças folclóricas – salário de R$ 3,6 mil;
  8. Eletrotécnico de fabricação – salário de R$ 3,4 mil;
  9. Patrão de pesca de navegação interior – salário de R$ 3,5 mil;
  10. Encarregado de pintura – salário de R$ 3,6 mil
  11. Construtor civil – salário de R$ 3,4 mil;
  12. Inspetor de terraplenagem – salário de R$ 3,4 mil;
  13. Encarregado eletricista de instalações – salário de R$ 3,3 mil;
  14. Músico arranjador – salário de R$ 3,3 mil;
  15. Cenógrafo de teatro – salário de RT$ 3,3 mil;
  16. Operador de sistemas de transmissão e recepção de televisão – salário de R$ 3,2 mil;
  17. Ferramenteiro – salário de R$ 3,2 mil;
  18. Encarregado de carpintaria – salário de R$ 3,1 mil;
  19. Edificador de casco de navios – salário de R$ 3,1 mil;
  20. Mecânico de vôo – salário de R$ 3,1 mil;
  21. Tecnólogo em soldagem – salário de R$ 3 mil;
  22. Operador de digestor de pasta para fabricação de papel – salário de R$ 3 mil;
  23. Encarregado de manutenção de instrumentos de controle – salário de R$ 3 mil;
  24. Contramestre da indústria de calçados – salário de R$ 3 mil;
  25. Mestre de forjaria – salário de R$ 3 mil.

Profissões que pagam a partir de R$ 2 mil

  1. Eletricista de embarcações – salário de R$ 2,9 mil;
  2. Condutor de motoniveladora – salário de R$ 2,9 mil;
  3. Operador de motoniveladora para extração de minerais sólidos – salário de R$ 2,9 mil;
  4. Mestre de forno de resistência – salário de R$ 2,9 mil;
  5. Técnico têxtil de tecelagem – salário de R$ 2,9 mil;
  6. Instalador de tubulações em embarcações – salário de R$ 2,9 mil;
  7. Auxiliar de enfermagem da estratégia de saúde da família – salário de R$ 2,9 mil;
  8. Mecânico de manutenção de máquinas gráficas – salário de R$ 2,9 mil;
  9. Condutor de perduradora de precisão – salário de R$ 2,8 mil;
  10. Inspetor de via permanente e trilhos – salário de R$ 2,8 mil;
  11. Mestre de fabricação de artigos de ourivesaria e joalheria – salário de R$ 2,8 mil;
  12. Instrumentista de laboratório – salário de R$ 2,8 mil;
  13. Assistente técnico em madeira – salário de R$ 2,8 mil;
  14. Mecânico de equipamento pesado – salário de R$ 2,8 mil;
  15. Guincheiro – salário de R$ 2,8 mil.

Homem carpinteiroImagem: Reprodução/Pexels

Anúncios

Como entrar nas profissões que ganham bem e não precisam de faculdade?

Como citado anteriormente, a maior parte das profissões que ganham bem e não demandam faculdade são cursos técnicos ou carreiras que envolvem habilidades específicas. Portanto, você consegue adquirir o conhecimento em cursos profissionalizantes na sua cidade, com duração média de 2 anos para conclusão.

Há também a possibilidade de aprender como mentor de profissionais experientes. No caso do mestre de fabricação de artigos e ourivesaria e joalheria, essa profissão demanda um conhecimento técnico que outros profissionais há mais também no mercado podem transmitir.

Com esse conhecimento em mãos e a capacidade de realizar as atividades produtivas, é necessário encontrar oportunidades de emprego. Você consegue acessar boas vagas por meio dos portais de emprego, mas também em feirões de contratação, grupos de vagas e até por meio das redes sociais.

Anúncios

E aí, gostou de conhecer essas profissões que ganham bem?

Não fique preso a um diploma de graduação, porque existem diversas possibilidades de atuação no mercado de trabalho para nível médio. Mesmo que você não tenha concluído o Ensino Médio, pode-se conquistar boas vagas e criar uma carreira próspera ao longo do tempo. Experimente!

Deixe um comentário

Consentimento de Cookies com Real Cookie Banner